Missão dos seminaristas no Dia de Finados

home_finados1Para uma Igreja que vai ao encontro do outro, a Diocese de Jundiaí preparou para o Dia de Finados atividades diferentes, no Cemitério Nossa Senhora do Desterro.

O dia foi intenso. Começando pela missa rezada por Dom Vicente Costa, Bispo Diocesano, ocasião em que o Pastor da Diocese destacou as 3 portas que podemos refletir em nossa vida. A morte como porta da eternidade, a porta da esperança e a porta do reencontro.

Após a celebração, ainda no período da manhã, os seminaristas das três casas de formação do Seminário Diocesano Nossa Senhora do Desterro partiram pelas ruas do interior do cemitério  acolhendo e rezando juntos com as famílias, levando uma palavra de conforto e esperança.

Além disso, padres se revezaram durante todo o dia atendendo a confissão dos visitantes, dando um aconselhamento ou direção espiritual.leandro-e-seminaristas

Na parte da tarde, foi a vez dos irmãos da Paróquia Cristo Redentor, da cidade de Várzea Paulista, que fizeram os momentos de oração na capela do cemitério junto ao Santíssimo Sacramento, que ficou em adoração nos momentos em que não eram celebradas as missas.

Colaboração: Seminarista Eduardo Augusto Belão

Fonte: dj.org.br