“O pouco com Deus é muito, e o muito sem Deus é nada”

Amados devotos da Mãe Aparecida, alegria e paz!

Estamos vivendo as alegrias do Tempo Pascal. Cristo venceu a morte. Por isso podemos proclamar com o coração cheio de fervor e fé: n’Ele toda a humanidade é vencedora.

Na Palavra do Reitor deste mês quero convidar você, devoto da Mãe aparecida, a ter uma certeza: “o pouco com Deus é muito, e o muito sem Deus é nada”. Lembro-me que desde sempre ouvi a minha mãe dizer essa frase. No início não entendia muito o seu sentido. Hoje posso compreender com alegria este dito popular que é cheio de significado.

Após a longa caminhada quaresmal que fizemos, agora neste Tempo Pascal somos convidados a acolher a grandiosidade do amor que Deus entrega a nós. Bem sabemos que nem sempre correspondemos a este amor. Porém, mesmo no pouco que podemos dar a Ele, tenhamos a plena certeza de que muito Ele fará por nós.

Por vezes queremos e esperamos que Deus se manifeste a nós de maneira extraordinária. Acabamos nos esquecendo de contemplar, nos pequenos gestos da vida, o quão grande Ele é para nós. Até podemos nos perguntar: “o que Deus é para nós”? A resposta é muito simples! Ele, Deus, é o Tudo e o Sempre de nossas vidas.

Antes de darmos qualquer coisa material a Deus, para que a obra da evangelização alcance a todo homem e mulher de boa vontade, é preciso dar a Ele o nosso coração, a nossa vida, a nossa livre e total adesão a Ele.

É este o caminho que quero, e que devemos trilhar na Casa da Mãe Aparecida. Não demos mais a Deus as nossas migalhas. Jesus se deu por inteiro na Cruz. Sem reservas e na obediência de Filho, entregou nas mãos do Pai o Seu Espírito e, portanto, entregou também a nossa vida.

São inúmeros os projetos que temos em nosso Santuário. Vocês bem sabem que a cobertura do pátio superior do Santuário é o grande desafio que juntos abraçamos. Mas não poderá dar certo sem antes termos a consciência de que, em primeiro lugar, vem a nossa entrega a Deus. É a partir deste gesto que poderemos acolher e abraçar esta causa.

Muitos já a abraçaram. Tantos outros ainda abraçarão. Tenham a certeza de que no pouco que cada um tem colocado à disposição de Deus e da Igreja, não será esquecido. Ele retribuirá o cêntuplo.

Que o Senhor nos ajude, na intercessão da Mãe Aparecida, Rainha e Padroeira do povo brasileiro, a viver com o pouco, para que sempre tenhamos o muito com Deus. Que Ele nos livre da ganância, do poder e do ter.

Feliz Páscoa!

No Espírito de Jesus,
Pe. Márcio Felipe.
Reitor do Santuário